31 de mai de 2012

Equinócio (Lu Piras)


Equinócio: a Primavera é o primeiro livro da série de Lu Piras.

A cidade do Rio de Janeiro é o pano de fundo onde a estudante de medicina Clara vive sua rotina diária com a família e amigos. O que ela não imaginava é que tudo o que acreditava estivesse prestes a mudar, com a visita inusitada de um anjo. As força do mal ameaçam escravizar a raça humana e, para impedir, o anjo da guarda Nath-Aniel (Nate) vem à Terra, disfarçado de humano, para alertar sua protegida Clara de que sua vida está em risco. Proibido de agir em nome dos humanos e alterar seus destinos, o anjo acaba por se envolver demasiado quando revela a Clara que o pai dela, um renomado cientista, é o responsável pela descoberta que despertou as forças do mal: a fórmula da perpetuação da vida humana (criônica). Toda a missão da legião de anjos celestiais é colocada em risco quando Nate e Clara se apaixonam. (Sinopse: Skoob)

No blog de divulgação da série (que eu amei por sinal, com aquela playlist linda), somos direcionados ao outros sites, o site pessoal da autora e o site do livro, onde podemos conferir as playlists, o booktrailer e informações sobre eventos. O principal deles é o lançamento, amanhã, no Rio de Janeiro do livro. Tem também uma lojinha, onde pode adquiri o livro mais marcadores.

O banner do lançamento:


Pela sinopse e opiniões, o livro é ótimo. Ah! Acabo de ver pelo facebook que o livro já está em pré-venda em algumas livrarias. Mais uma excelente indicação.

Sábado à noite (Babi Dewet)

Infelizmente, só agora pude dar a devida atenção a mais nova edição de Sábado à noite, de Babi Dewet.


Essa é a nova edição de SAN, que foi lançado de forma independente em 2010, e hoje chega às livrarias pelo Selo Generale (Editora Évora). É o primeiro livro de uma trilogia repleta de amor, música e amizade. Amanda é popular na escola e os amigos do seu amigo de infância são considerados os ‘marotos’ do pedaço por desrespeitarem as regras. Tudo ao seu redor acaba desmoronando quando um amor mal resolvido volta à tona e a sua amizade é posta em prova. Se não bastasse, seu diretor resolve dar bailes aos sábados e uma misteriosa banda mascarada foi convocada pra tocar. Mas suas letras dizem tanto sobre ela… Afinal, quem são esses mascarados de Sábado à Noite? (Sinopse: Skoob)

De capa e editora novas, o livro da Babi foi lançado na Bienal do Livro de Minas dia 25 e 26 de maio. Em junho, será lançado na Livraria Travessa do Shopping Leblon, no Rio. E o tempo todo a autora atualiza seu blog com notícias de lançamentos e eventos relacionados ao seu livro. Mais um pra minha booklist de 2012.

28 de mai de 2012

Amberblades (Gizele B.Bizarra)


Mais uma divulgação e anúncio de parceria. A autora Gizele B. Bizarra é a mais nova autora parceira do blog e hoje venho divulgar sua trilogia Amberblades.


O primeiro livro chama-se
Amberblades e o coração de lua.


A lenda do sol e da lua... Amantes separados para que o mundo fosse criado... Para Lena, nada é mais triste do que duas pessoas que se amam viverem a mesma situação contada nas histórias dos bardos, ainda mais quando uma delas é sua mãe. Para ajudar Astalirande e Jidea a viverem seu amor, Lena, juntamente com Joh e Yomiko, parte numa busca a fim de evitar que o mesmo aconteça dentro da Casa Anciã, moradia dos líderes do povo élfico.
O destino do grupo é a Biblioteca dos Povos, local que reúne o conhecimento de todas as raças, mas, adentrando o reino dos humanos, um lugar completamente novo e cheio de mistérios para Lena, eles conhecem o mago Zak e descobrem que o que pode ajudá-los a unir Astalirande e Jidea também está sendo usado para trazer a destruição ao mundo: o Coração de Lua.
Não havendo outra maneira, o grupo se envolve numa batalha que poderá decidir o destino do mundo de Kathros. Sinopse: A Biblioteca dos Povos)

O segundo livro é Amberblades e a herança.


“O mal já está plantado”.
Estas foram as palavras que finalizaram a aventura da primeira geração de Amberblades, estes que lutaram para resgatar o Coração de Lua e desfazer o mal que estava sendo criado a partir dele. Contudo, o real sentido das tais palavras demorou anos para ser compreendido.
50 anos depois, uma nova geração de Amberblades surge para salvar o mundo daquele que realmente deseja a discórdia... Aquele que plantou o mal e o transformou na doença que quase extinguira os dragões e que, agora, afeta a todas as raças.
Brynhild Amberblade, Maron Colman, Xariel e Treva. Estes são aqueles que carregam a herança dos que já lutaram e agora irão enfrentar perigos de outras regiões para, literalmente, cortar o mal pela raiz. (Sinopse: A Biblioteca dos Povos)

Para comprar os livros, é só ir no site Clube dos Autores (livro 1 e livro 2). Ou pode comprar com a autora mesmo aqui.
O livro três ainda está sendo produzido, mas no blog a Gisele de vez em quando libera algumas das ilustrações que estarão no livro. Mais uma coleção pra minha wishlist.

Os Livros de Esteros (Aldemir Alves)


Mais um booktour. Dessa vez sobre o livro Os Livros de Esteros, de Aldemir Alves. No
blog da trilogia, descobrimos mais sobre o autor e sua obra.



Os Livros de Esteros – As crônicas de Fedors; é uma saga de livros criada pelo autor Aldemir Alves. Fã desde garoto de livros do tema fantasia; iniciou no ano de 201º a sua primeira criação. Em seus pensamentos, Aldemir sonhou com um mundo novo; onde a magia realmente existe, crianças vivem felizes, elfos predominam as suas florestas, os reis governam com sabedoria, os povos não conhecem o sofrimento “Aldemir imaginou uma inocência vista apenas nos nossos sonhos”...
Enfim, o autor criou o seu universo, iniciou toda a sua aventura desde o início da humanidade nos apresentando o lado bonito da vida, mostrando as tentações que nos corrompem, ditando como a ingenuidade pode ser o início de um grande sofrimento... Esteros nos leva a um mundo medieval, onde reis que governam os seus continentes com grande sabedoria, crianças são incentivadas a fazer o bem acima de qualquer coisa, até mesmo a morte deixa de ser temida.
- Foram cem anos de paz, até que um erro; destruiu um século de abstinência. Seria incorreto esconder de seus filhos, que vivemos em um mundo desumano? – Mussafar cometeu tal erro, e pagou caro por ele!
- Até quando, alguém que amamos pode ignorar os nossos sentimentos? – Essa poderia ser a pergunta de Vamcast ao seu pai, mas ele nunca a fez. Talvez o garoto fosse tímido, ou talvez temesse uma reprima que poderia marcá-lo ainda mais...
- O seu irmão “Andor” era sim o predileto, mas a sua inocência saberia diferenciar a afetividade de seu pai por si? – Com certeza, Não...

22 de mai de 2012

Cleópatra (Lucy Hughes-Hallett)




Título: Cleópatra: histórias, sonhos e distorções
Autor: Lucy Hughes-Hallett
Editora Record, 486 p.

Qual personagem feminina histórica antiga desperta tanto a imaginação até hoje? Neste livro, a autora aborda as variadas imagens criadas sobre Cleópatra, seja no cinema, na música, no teatro, nas artes plásticas, na literatura e, acima de tudo, no imaginário cultural ocidental. A autora mostra que, longe de ser a mulher ardilosa e vil que seduziu e dois grandes generais romanos, Cleópatra era uma hábil diplomata, governante capaz que falava nove idiomas, inteligente, sedutora e eficiente administradora. Um livro interessante e muito recomendado para aqueles que procuram desmistificar a visão femme fatale de uma das grandes rainhas orientais de todos os tempos.

Desde pequena, sempre fui apaixonada por mitologia. Como está na raiz da nossa cultura, comecei lendo a mitologia grego-romana. De mitologia para história foi um pulo, então comecei a me interessar por aquela parte da história romana que mencionava o Egito. Principalmente por uma rainha, a última da última dinastia de faraós do Egito. Foi a partir daí que minha fascinação por Cleópatra começou. Sempre me incomodou o fato de só verem a rainha como uma mulher perigosa, que se aproveitou de sua beleza e das “artes femininas orientais” para seduzir e corromper os dois maiores generais de Roma de seu tempo. Então, esse livro foi um bálsamo porque a autora desmistifica todas as versões “maldosas” da rainha e a demonstra bem perto de como ela deve ter realmente sido. Uma leitura esclarecedora e muito mais satisfatória.

O castelo das águias (Ana Lúcia Merege)



Mais uma divulgação. Desta vez, do livro O castelo das águias, de Ana Lúcia Merege.

O Castelo das Águias, romance fantástico de Ana Lúcia Merege, é um lugar especial. Localizado nas Terras Férteis de Athelgard, região habitada por homens e elfos, abriga uma surpreendente Escola de Magia, onde os aprendizes devem se iniciar nas artes dos bardos e dos saltimbancos antes de qualquer encanto ou ritual. Apesar de sua juventude, Anna de Bryke aceita o desafio de se tornar a nova Mestra de Sagas do Castelo. Aprende os princípios da Magia da Forma e do Pensamento e tem a oportunidade de conhecer pessoas como o idealizador da Escola, Mestre Camdell; Urien, o professor de Música; Lara, uma maga frágil e enigmática, e o austero Kieran de Scyllix, o guardião das águias que mantêm um forte elo místico com os moradores do Castelo. Enquanto se habitua à nova vida e descobre em Kieran um poço de sentimentos confusos e turbulentos, uma exigência do Conselho de Guerra das Terras Férteis põe em risco a vida e a liberdade das águias Com o apoio de Kieran, Anna lutará para preservá-las,desvendando uma trama de conspiração e segredos que envolvem importantes magos do Castelo. (Sinopse: Skoob)

No blog do livro, quem quiser pode saber mais sobre a autora e a história, além de poder participar de umas promoções bem legais.

19 de mai de 2012

Alexandria (Theodore Vrettos)


Título: Alexandria: a cidade do pensamento ocidental
Autor: Theodore Vrettos
Editora Odysseus, 313 p.

Se um livro pode contar a biografia de uma cidade, é o que este faz. Em poucos capítulos, o autor constrói a história da cidade de Alexandria em uma narrativa simples que, mesmo seguindo uma ordem cronológica, não se torna cansativa. O autor aborda a história da cidade traçando a biografia de seus mais ilustres personagens, dentre eles, é claro, Alexandre, o Grande e Cleópatra. Um livro muito recomendado.

Autora parceira: Ana Macedo

A segunda autora parceira é Ana Macedo, autora de Lágrimas de fogo.



Lágrima de Fogo conta a história de Annabelle, uma jovem híbrida que cresceu acreditando que era humana; mas tudo muda quando, após descobrir um segredo sobre seu passado, é atacada por um dragão. Annabelle acaba sendo salva por uma criatura semelhante, mas que parece ser feita de pedras preciosas. A criatura revela-se um “Drakenae”, que segundo os contos que rondam os Oito Mundos, é uma linhagem de dragões que podem assumir a forma humana, tida como "nobre" entre todas as criaturas. Mas tudo parece surreal demais, principalmente porque não só este homem e sua raça, mas todo o mundo que ela acreditou conhecer escondem segredos que parecem sair das páginas dos livros que sempre gostou; lendas que a jovem jamais imaginou que pudessem ser reais. (Sinopse: Agnitellure

No blog do livro, Ana liberou a Introdução, o Prefácio e alguns capítulos do livro, que será lançado em julho desse ano. O blog também está recheado de informações sobre a história, os personagens e algumas curiosidades. Eu li os capítulos liberados pela autora e estou morrendo de curiosidade sobre o livro. Esperando ansiosa pelo lançamento. 

Seja bem vinda ao blog, Ana, e obrigada pela parceria!

Autora parceira: Fabiane Ribeiro

Infelizmente, só agora pude dar a devida atenção a esse assunto, mas antes tarde do que nunca. Hoje venho aqui para anunciar minhas autoras parceiras. A primeira é Fabiane Ribeiro, autora dos livros Xadrez e Corações em fase terminal.




Inglaterra, 1947. A Europa encontra-se devastada pela Segunda Guerra Mundial, assim como o coração de Anny. A garota de oito anos vê seu mundo desmoronar ao receber a notícia de que não poderá mais viver com os pais e terá que se mudar de casa levando pouco mais que seu tabuleiro de xadrez. Tudo parecia um pesadelo, até que surge Pepeu, um jovem misterioso que mudará para sempre a vida de Anny, levando-a a aprender sobre o mundo e a viver momentos emocionantes sem sair dos canteiros de seu pequeno jardim. Ao lado de anjos que são colocados em sua jornada, a doce menina aprende a enfrentar as dificuldades através de lições de abnegação, fé e amor verdadeiro. (Sinopse: Reino Xadrez)


Booktrailer do livro Xadrez:



Cátia, após quase acabar com a própria existência, mergulhada em uma vida de vícios e erros, acorda em um local misterioso, com o coração, manchado, em uma caixa dourada, e uma projeção de si própria, presa em um espelho repugnante.
Em meio a uma cidade estranhamente maravilhosa e um amor mais forte que a própria vida, Cátia tem sua última chance de encontrar a cura para seu coração manchado. Descubra o que é o Santuário, o clarão dourado, o templo onde a rosa flutua... Conheça cada personagem e seu coração doente. Cada um deles terá uma última chance para salvar sua vida, devido a seus próprios erros. (Sinopse: Reino Xadrez)


Booktrailer do livro Corações em fase terminal:


Atualmente, Fabiane está realizando um booktour do livro Xadrez. Estou participando e assim que ler, posto a resenha aqui.

Pra saber mais sobre a autora e outros booktrailers, e quiser comprar os livros com preço promocional, é só dar uma olhada no site dela ou no blog do livro Xadrez.

Obrigada por aceitar a parceria, Fabiane :)

16 de mai de 2012

Original de A Pedra Filosofal em exibição na Biblioteca Britânica

Conjunto

O Potterish noticiou essa semana. O manuscrito original de Harry Potter e a Pedra Filosofal, junto a outros originais como um desenho de J.R.R. Tolkien para O Hobbit, estarão em expostos na Biblioteca Britânica, na exposição Writing Britain Wastelands to Wonderlands. Segundo Jamie Andrews, chefe de inglês da Biblioteca, afirmou que

“Writing Britain celebra a incrível coleção de grandes trabalhos literários da Biblioteca Britânica, que começa há mais de mil anos atrás até o presente. Estes raros e únicos artigos apresentam uma nova e fascinante visão do pensamento criativo por trás de romances, poemas e ilustrações icônicas do Reino Unido”.


Primeira página

Segundo a notícia do Potterish, a exposição traz a passagem em que Harry pega o Expresso Hogwarts na Plataforma 9³/4 em King’s Cross. Na galeria do site existem algumas fotos do manuscrito e outras informações. Na notícia completa do site, pode-se ler o depoimento do fã (traduzido pela equipe do Potterish) que visitou a exposição e mandou as fotos para o Mugglenet, site de onde o Potterish tirou a notícia.

8 de mai de 2012

História das mulheres no Brasil (Mary Del Priore)


Título: História das mulheres no Brasil
Autora: Mary Del Priore
Editora Contexto, 678 p.

Os pesquisadores cujos trabalhos estão incluídos neste livro abordam a fundo a história das mulheres no Brasil. Traçando um panorama histórico desde a Primeira Mulher até a mulher contemporânea, esse livro aborda a vida da mulher brasileira nos contextos social, político e moral. O livro mostra a vida da mulher no campo, na cidade, como dona de casa ou trabalhadora, como amante ou esposa. Um tópico que chama a atenção é a abordagem da mulher como escritora e leitora. Um presente: o livro apresenta um belo texto de Lygia Fagundes Telles.

O estudo da história de gênero sempre me chamou a atenção. Eis que me deparo com este livro enquanto escrevia meu TCC de História (cujo tema foi D. Macedo Costa, o sagrado e o profano na conduta das mulheres na Belém da Belle Époque (1877-1878)). Um belíssimo estudo sobre a vida das mulheres no Brasil, abordando vários aspectos, sobre mulheres de várias regiões nos variados períodos históricos do país. Leitura recomendada não só para aqueles que gostam de história, mas para todos que se interessam em saber mais sobre essa “personagem” de papel fundamental na sociedade.

2 de mai de 2012

As memórias de Cleópatra 3 de Margaret George – DL 2012


Tema: Fatos Históricos
Mês: Maio de 2012 (Livro 3)
Leitura do mês: As memórias de Cleópatra: o beijo da serpente
Autora: Margaret George
Editora Geração Editorial, 414 p.

A situação política é uma bomba que está a um passo de explodir. Cleópatra tenta constantemente assegurar a Marco Antônio que ele é o homem certo para unir ocidente e oriente em um único império. Agora, ele e Otávio duelam pelo poder supremo. As intrigas políticas são cada vez mais constantes, um lado perde aliados enquanto outro os ganha. E tudo culmina na Batalha de Áccio, a qual Marco Antonio perde. Louco de pesar, ele se mata, enquanto Otávio entra em Alexandria para reclamar a cidade. Ele faz de Cleópatra prisioneira, mantendo a rainha em constante vigilância para que ela não se mate (ele queria levá-la como prisioneira para o desfile em seu Triunfo). No entanto, pela última vez, a sagacidade da rainha é maior do que a força do soldado. Percebendo que os pedidos de clemência para seu filho Cesarion (o qual já havia fugido) não vão resultar em nada, se tranca em sua câmara funerária e se mata com o veneno de uma serpente. Otávio chega tarde para evitar o acontecido, mas acaba levando para Roma os filhos pequenos de Cleópatra e Marco Antônio (mais tarde ele os incorpora a sua própria casa) e mata Cesarion. Assim, se finda a dinastia ptolemaica e o Egito passa a fazer parte do futuro império romano. Melhor frase: “De todas as coisas perdidas em todo o mundo, as coisas das quais jamais ficaremos sabendo, este filho perdido de César e Cleópatra deve ser a mais torturante. Que tipo de adulto ele teria sido, com os dons herdados de seus notáveis pais?”

O último livro da trilogia de Margaret George sobre a vida de Cleópatra fecha a história com chave de ouro. O mais interessante é ler no final e descobrir que a descendência dos filhos sobreviventes da rainha e Marco Antonio e que os filhos dos outros casamentos do general o transformaram em ancestral de reis e rainhas da Pequena Armênia (dentre outros reinos) e de imperadores como Calígula, Claudio e Nero. Uma excelente leitura para todos aqueles fascinados pela vida da mais famosa rainha do Egito.

As memórias de Cleópatra 2 de Margaret George – DL 2012


Tema: Fatos Históricos
Mês: Maio de 2012 (Livro 2)
Leitura do mês: As memórias de Cleópatra: sob o signo de Afrodite
Autora: Margaret George
Editora Geração Editorial, 398 p.

Cleópatra está de volta ao Egito após deixar Roma às pressas. A pressão na cidade era enorme, depois da morte de Júlio César. Após se recuperar da viagem, em sua primeira reunião ela começa a descobrir o rumo político do testamento de César, que havia nomeado seu sobrinho Otávio como herdeiro. Após Ptolomeu XIV, seu irmão mais novo e segundo marido, morrer de tuberculose, Cleópatra se inteira acerca da vida em Roma. O Triunvirato está formado com Lépido, Otávio e Marco Antonio dividindo o poder. Sua ajuda a Marco Antonio é adiada quando a rainha perde seus melhores barcos durante uma tempestade; os assassinos de César estão mortos. Decidida a se encontrar com Marco Antonio para de alguma forma garantir a vida de seu filho e seu trono, Cleópatra embarca em uma magnífica embarcação. Vestida de Vênus, com um belo séquito e destilando sensualidade, na mesma noite ela e Marco Antonio se tornam amantes. A partir desse momento, tem inicio um dos casos amorosos mais famosos da história. Com seus dois filhos, Cleópatra Selene e Alexandre Hélio, Cleópatra e Marco Antonio sonharam um império que ligaria o ocidente ao oriente. Mesmo que ambos se tornassem uma ameaça a Roma. Melhor frase: “Tenha cuidado com o homem que adota uma cultura estrangeira com naturalidade. Isso o arruína.”

Uma das coisas que eu mais gostei foi que a autora construiu a vida de Cleópatra bem longe dos estigmas conhecidos; Margaret George menciona a beleza como uma das qualidades da rainha, mas também menciona sua inteligência e astúcia política. Os casos mais famosos da história (entre a rainha e César e depois Marco Antonio) começaram do nada, a rainha não intencionava ser amante de nenhum deles. Uma continuação excelente.

1 de mai de 2012

As memórias de Cleópatra 1 de Margaret George – DL 2012


Tema: Fatos Históricos
Mês: Maio de 2012 (Livro 1)
Leitura do mês: As memórias de Cleópatra: a filha de Ísis
Autora: Margaret George
Editora Geração Editorial, 486 p.

Lembranças da mãe morta, afogada nas águas do Nilo. Lembranças da primeira oferenda feita a Ísis, a deusa soberana do Egito e a qual se acreditava que Cleópatra era a própria encarnação. Após a morte da rainha Cleópatra (mãe da famosa homônima, elas tinham o mesmo nome), o faraó Ptolomeu se casou novamente e teve mais três filhos. Somando-os as três primeiras filhas, Cleópatra, Berenice e Cleópatra, eram seis. Na época em que Ptolomeu subiu ao trono, o Egito já havia perdido muito de sua grandeza e se encontrava nas mãos dos romanos. Em seu primeiro banquete, aos sete anos de idade, Cleópatra conhece Pompeu, o famoso general. Á medida que o banquete acontece, a situação política é descortinada: Ptolomeu Alexandre havia deixado o Egito em testamento para Roma e agora Júlio César intencionava transformar o país em província romana... Quando o faraó parte para Roma em busca de ajuda, Cleópatra VI e Berenice IV tomam o poder. Intrigas palacianas, assassinatos em família e o faraó retoma seu trono com ajuda de Roma, condenando Berenice a morte por traição. Assim, Cleópatra VII se torna a sucessora do trono. Ela e seu irmão Ptolomeu XIII são coroados novos governantes do Egito, mas não se casam. As brigas começam quando ela tenta tomar a frente do poder sem se casar, o que era visto como ameaça, já que seu irmão também era o governante. Ela começa a juntar partidários, mas certos acontecimentos viram o povo contra ela. Quando ela viaja para participar da cerimônia de sucessão do touro sagrado de Hermôntis, o conselho regente usurpa o poder em nome de Ptolomeu XIII e mata Pompeu (que chegara ao Egito em busca de ajuda, derrotado por César). Este chega ao Egito e se mostra descontente com a morte do rival (Pompeu tinha o direito de receber ajuda egípcia, já que era considerado seu “protetor”). O general manda chamar Cleópatra, então a rainha se esconde em um tapete e chega assim disfarçada até César. Na mesma noite eles se tornam amantes, enquanto César luta para derrotar Ptolomeu e seu exército. Ao mesmo tempo, Cleópatra descobre estar grávida. Ptolomeu César nasce e a rainha embarca para Roma, onde deverá testemunhar o Triunfo Alexandrino, o desfile com os espólios de guerra e prisioneiros da Guerra Alexandrina. Sua estada em Roma se estende por alguns anos, tempo em que Cleópatra avalia e vive as mais diversas intrigas políticas que culminam no assassinato de Júlio César. Melhor frase: “Rainhas que não se ocupam dos detalhes ordinários geralmente se acham ignorantes dos detalhes maiores.”

Sempre fui apaixonada pela história e mitologia egípcias. Fiquei louca quando vi pela primeira vez essa coleção de Margaret George, até mesmo por causa da capa. Comprei, li e adorei. Esse livro mostra, através de romance, a fascinante vida na corte egípcia na época de uma das mais famosas faraonas da história. Foi interessante descobrir que sua mãe também se chamava Cleópatra e que sua irmã mais velha também tinha o mesmo nome, assim como saber que a Cleópatra mais velha e Berenice também foram rainhas, mesmo por pouco tempo (já que o nome da rainha não figura em nenhuma genealogia egípcia dos Ptolomeu que eu tenha visto, assim como os nomes das filhas enquanto rainhas). A boa narrativa e a descrição excelente fazem deste livro uma ótima leitura.