18 de abr de 2018

Of Neptune (Anna Banks) – BL 2018


Título: Of Neptune
Autora: Anna Banks
Mês: Abril
Tema: BÔNUS
Editora Feiwel & Friends, 336p.

Depois de toda a confusão da revelação de Naila para os syrenos, Emma e Galen só querem um tempo juntos agora que todos sabem de seu romance, mesmo com alguns não aprovando o relacionamento deles. O avô de Emma, o rei Poseidon, sugere então que eles visitem uma pequena cidade chamada Netuno, onde vivem syrenas e mestiços. Emma se sente em casa, mas Galen começa a se sentir incomodado quando conhecem Reed, outro mestiço que não faz nada para disfarçar seus sentimentos por Emma. Mas Reed não é a única pessoa que eles conhecem, a cidade tem outro visitante que não é o que realmente aparenta. E sabe mais do que admite.

A conclusão da série que eu estava louca para ler desde que vi a capa do primeiro livro. Tive que ler o segundo e terceiro livros em inglês porque ainda não foram publicados em português, e por isso a leitura foi meio devagar. Mesmo assim, com toda a minha lerdeza, gostei da história, gostei da “concorrência” para Galen, só senti falta das maluquices de Rayna. Recomendado.

16 de abr de 2018

A história secreta da Mulher-Maravilha (Jill Lepore) – BL 2018


Título: A história secreta da Mulher-Maravilha
Autora: Jill Lepore
Mês: Abril
Tema: Autor que nunca leu
Editora Best Seller, 480p.

A Mulher-Maravilha tem braceletes soldados aos pulsos; ela pode usá-los para repelir balas. Porém, se deixar algum homem soldar correntes a estes braceletes, ela perde o seu poder. Isso, segundo o Dr. Marston, é o que acontece a todas as mulheres que se submetem à dominação masculina.

Esse foi o comunicado quando a super-heroína foi lançada, que saiu na revista de 1942. Há 77 anos atrás, a Mulher-Maravilha foi criada por William Moulton Marston, o inventor do detector de mentiras. William tentou trabalhar como psicólogo, professor acadêmico e advogado, mas fracassou nas três carreiras. Privadamente, viveu com duas (as vezes três, com Marjorie Wilkes Huntley) mulheres ao mesmo tempo: a esposa Sadie Elizabeth Holloway (estudante da Mount Holyoke College de South Hadley, em Massachusetts, a primeira faculdade para mulheres nos Estados Unidos. Holloway e suas amigas faziam parte da Liga do Sufrágio Igualitário, que batalhava pela igualdade com os homens, o direito ao voto, à educação e ao controle de natalidade); e uma ex-aluna chamada Olive Byrne (com quem Marston teve dois filhos. Sobrinha de Margaret Sanger, ativista do controle de natalidade americana, e filha de Ethel, que trabalhava para o comitê Feminino do Partido Socialista).

Com cem vezes a capacidade e a força dos nossos melhores atletas homens e mais fortes lutadores, ela aparece do nada para vingar injustiças ou corrigir as maldades! Bela como Afrodite; sagaz como Atena; dotada da velocidade de Mercúrio e da força de Hércules – nós a conhecemos como Mulher-Maravilha. Mas quem pode nos dizer quem ela é ou de onde veio?

A origem da Mulher-Maravilha (que morava numa ilha só de mulheres) remonta ao movimento sufragista e a luta das mulheres por direitos iguais. Romances como Angel Island (Inez Haynes Gilmore) e Herland (Charlote Perkins Gilman) também influenciaram a criação da personagem. A autora também apresenta as várias mulheres que fizeram e aconteceram no início do movimento feminista nos EUA e que foram importantes na criação da personagem. O livro é ilustrado, com um encarte colorido com os quadrinhos, as capas das revistas e os primeiros desenhos que deram origem à personagem, além de trazer variadas notas bibliográficas e lista dos quadrinhos lançados.

Esse livro é um verdadeiro primor. Eu não tinha muita ideia do que esperava quando comprei, só queria porque era sobre a Mulher-Maravilha. Quando vi que o criador da personagem era um homem, me desanimei um pouco, até ver que tipo de homem foi William Marston. A primeira parte do livro é a melhor, pois fala da luta das mulheres no início do século XX em busca de igualdade e do direito de decidir a própria vida. A própria história de vida de William chama a atenção por ser bem longe do convencional (vide o “casamento” com três mulheres ao mesmo tempo e suas ideias revolucionárias sobre a natureza humana). Filho único, em uma família com muitas mulheres, William tinha uma visão diferente das mulheres, considerando-as superiores aos homens. O encarte é outra maravilha, porque mostra os primeiros desenhos da Mulher-Maravilha e seu desenvolvimento até a caracterização que conhecemos hoje. Lançado no ano em que a personagem ganha seu primeiro filme (aclamado como um grande sucesso) e com o feminismo tão em voga novamente, esse livro é um tesouro, recomendado para todo mundo e qualquer pessoa.

13 de abr de 2018

Novos lançamentos do mundo de Harry Potter

Duas ótimas notícias saíram essa semana. A primeira foi a divulgação das imagens da edição ilustrada do livro Os contos de Beedle, o bardo, divulgadas pelo Pottermore. O livro será lançado dia 2 de outubro no Reino Unido.


A segunda notícia foi a divulgação da data de lançamento das edições norte-americanas que a Scholastic vai publicar em comemoração aos 20 anos do lançamento de Harry Potter. Os novos livros, cujas capas serão ilustradas por Brian Selznick (autor de A invenção de Hugo Cabret), serão lançadas no dia 26 de junho e o box, em setembro.

11 de abr de 2018

Um novo amanhecer (John Jackson Miller) – D12ML 2018


Título: Um novo amanhecer
Autor:John Jackson Miller
Mês: Abril
Tema: Um livro abandonado na estante
Editora Aleph, 416p.

O império de Darth Sidious está em expansão total. Kanan Jarrus, tenta ganhar a vida com bicos como entregador de explosivos em Cynda, sua ocupação no momento. Sua vida, que antes estava praticamente definida, agora se resume a passar desapercebido. Seu verdadeiro nome é Caleb Dume, e na época dos jedi, ele era um padawan da mestre jedi Depa Billaba, assassinada na Ordem 66. Cynda tem vital importância para o imperador e seus projetos, e o responsável pela organização do trabalho de produção das minas, o mais-droide-que-humano Conde Vidian não é homem de perder tempo. Só que os seus objetivos podem não estar exatamente alinhados aos do imperador... Entrementes, Kanan conhece a twi'lek Hera Syndulla, que está buscando não somente informações, mas também sentir o clima para possíveis rebeliões contra um império que governa a partir do medo. A vida de todo mundo vira de cabeça para abaixo quando Skelly, um dos responsáveis pela detonação das bombas nas minas de Torilídio (um mineral raro muito usado na construção de aeronaves), coloca na cabeça que tem que provar para o Império que essas detonações estão criando problemas para a lua. A loucura resultante faz com que uma aliança improvável surja entre Kanan, Hera, Skelly e Zaluna, uma especialista em segurança.

Devo dizer que a introdução desse livro valeu pelo (que eu classifiquei depois como) total arrastamento da história. Não me levem a mal, eu estou no embalo de leitura dos livros de Star Wars, então achei que esse livro seria tão intenso quando os que eu já li, mas não foi assim. Sim, a história é envolvente, sim, eu gostei de ler, mas só quando já estava no meio do livro. Talvez porque eu nunca tenha visto Rebels, que é quando Hera e Kanan aparecem, não sei. Mesmo assim, vale a pena para se conhecer mais os inícios de alguns personagens canônicos de Star Wars.

9 de abr de 2018

Nuvem da morte (Andrew Lane) – DLL 2018


Título: Nuvem da morte
Autor: Andrew Lane
Mês: Abril
Tema: Um livro de um autor que nasceu em Abril
Editora Intrínseca, 288p.

Sherlock Holmes tem 14 anos e está pronto para voltar para casa e aproveitar suas férias de verão. Até seu irmão Mycroft, que já trabalha para o governo britânico, aparecer para leva-lo para Farnham, onde vivem os tios que ele nunca conheceu. Com raiva e decepcionado, o menino pensa que suas férias serão muito chatas, até que ele cruza com um cadáver durante um passeio com seu tutor (algo arranjado pelo seu irmão, situação que Sherlock não gostou muito de início), Amyus Crowe, um homem inteligente e bem disposto, que se mostra tão intrigado com a causa da morte quanto Sherlock. À medida que Sherlock, Amyus e Matthew Arnatt (órfão morador de rua que ficou amigo de Sherlock) se envolvem mais na descoberta do mistério que levou uma nuvem negra a matar dois homens, eles tem que lidar com um homem louco pelas perdas que sofreu e impedir a tempo que uma trama iniciada há tempos ponha em risco a vida dos britânicos.

Desde que comecei a ver a série da BBC do Sherlock Holmes, me deu vontade de sair lendo qualquer coisa sobre o personagem. Depois de conseguir as edições completas com as histórias do detetive, me chamou atenção uma série que tem como enfoque o jovem Sherlock Holmes, aí consegui os livros e li o primeiro agora. Não sabia muito o que esperar, além de uma história de crime e investigação. Foi tudo isso, mas principalmente uma trama envolvente que mostra um Sherlock adolescente se metendo nos maiores perigos e conseguindo se livrar deles da forma mais surpreendente. Esse é o chamariz do livro, porque todo mundo sabe da incrível capacidade de dedução do detetive adulto, então foi bom ver como Andrew conseguiria fazer Sherlock se meter em situações perigosas, correndo mesmo risco de morte, e se livrar delas por um golpe de sorte, por ter parceiros com o mesmo tino que ele (como será no futuro John Watson). Isso o autor conseguiu elaborar muito bem. Totalmente recomendado.